Evoluir nunca foi tão difícil, ou foi? – Dojoran

Dojoran é o seu novo desafio! Desenvolvido pelo Nautilander Studio, o jogo lançou hoje dia 09 de Novembro e eu pude conferir ele antecipadamente. Ou seja, a gameplay no final desse artigo foi gravada antes do lançamento, e assim, antes de possíveis patches e mudanças. Dois motivos principais me fizeram querer testar o Dojoran: o primeiro foi essa carinha retrô que eu não resisto, e segundo, ele é brasileiro!

inicio

Em Dojoran você era uma espécie de girino e está fazendo uma jornada rumo a evolução. Isso inclui aprender tudo que você precisa antes de sair para o mundo exterior. E é ai que entram suas habilidades de plataforma… Ou seja, no meu caso, RAGE! 

Vamos ao aprendizado!

A jogabilidade é bastante simples, nosso personagem principal, que vou chamar de sapo, pode andar e pular por ai. Ao tocar em beiradas ele se segura possibilitando o wall jump. Além disso, itens pelo cenário são necessários para seguir em frente. Por exemplo, sapos não comem maçãs, sendo assim, podemos usar elas para pular mais longe pelo cenário. Outra parada que nos ajuda (e que sapos comem) são mariposas. Locais específicos pelo cenário possuem elas por ai e algumas partes são impossíveis sem elas. Quando morremos, se tivermos uma mariposa, só tomamos um hit e seguimos em frente.

mariposa

Durante as fases podemos encontrar moedas normais, checkpoints, e um moedona maior, o Talisran. E se você sempre quiser pegar todas elas como eu, vai sofrer o dobro, já que, geralmente elas estão naqueles cantos que requerem uma movimentação bem precisa pra chegar. Os checkpoints ficam a distâncias razoáveis, e isso por sí só evita muitos rages. 

No mais, vale citar o quão bonito o game é, me lembrando um bocado de Gato Roboto. O sons também são muito bons e o jogo não deixa a deseja nesse aspecto. Sem dúvidas mais um brasileirinho de orgulho, e você pode conferir as fases iniciais do game no gameplay abaixo:

Por fim, você deveria conferir mais na página do game, afinal, ele saiu a míseros R$10,89. Não fica melhor do que isso pessoal!

Compartilhe isso:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *