Então é isso que acontece em orfanatos – The Guise

The Guise lançou ontem dia 20 de Outubro no Steam. Se trata de um metroidvania onde você controla Ogden, preso no corpo de um monstro. O game é simples mas possui boa jogabilidade, gráficos simpáticos e um bom nível de desafio. Confira mais sobre ele aqui!

orfanato

Crianças enxeridas

Nossa história começa com uma referência de mundo. Onde o pai de todos dividiu o mundo em 12, um pedaço para cada um de seus filhos, e então, obviamente, deu ruim né. Não sobraram muitos mortais, e nós estamos entre os que restaram. Vivemos em um orfanato, onde passamos com outras crianças e uma cuidadora, no mínimo, suspeita. Um certo dia ela deixa a porta de seu quarto aberta e nós, como boas crianças que somos, entramos.

Um dos colegas de Ogden desafia ele a colocar uma máscara esquisita, e nossa jornada começa ai, ou seja, sendo transformados em monstros. Nossa cuidadora logo percebe o que aconteceu e, após explicar que talvez um xamã possa nos transformar de volta, vira nossa NPC de upgrades! Ela também nos fornece nossa primeira habilidade, uma cura que funciona juntando a vida de 10 monstros de cada vez.

quarto da cuidadora

Em busca da cura

A partir dai, você pode esperar tudo de um metroidvania: mapas para explorar, caminhos diferentes, monstros cada vez mais desafiadores e por ai vai. Ao derrotar chefes ganhamos mais habilidades, e ainda amuletos, cada um com seu poder especifico. Além disso, para nos acompanhar em nossa jornada temos os familiares, que nada mais são do que pets. Ao sair do orfanato, descer o elevador e seguir para a esquerda, você encontrará o primeiro pet em um canto ‘escondido’.

NPC

Além disso, caminhando por ai, encontramos outros NPCs, em geral crianças, com missões disponíveis. Essas ficam registradas em nosso jornal de missões, no mesmo menu em que dispomos os amuletos, familiares e mapa.

E ainda

The Guise está em português. Embora a história não seja o foco do game, vale a pena conferir as custscenes disponíveis, são curtas e interessantes. Os gráficos e trilha sonora dão a personalidade diferenciada do jogo, e apesar da carinha de souls-like, a dificuldade é bem menos punitiva aqui. Contanto que você não dê bobeira e lembre de salvar o jogo de tempos em tempos, tá tudo certo!

Além disso, o jogo está custando R$26,99 em preço cheio, simplesmente um ótimo valor pelo que oferece, mas se você ainda não se convenceu, sempre pode conferir a gameplay abaixo:

Como de costume, vale a pena conferir outros games bacanas aqui mesmo, na TGR!

Compartilhe isso:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *